Subprefeitura de Pirituba/ Jaraguá é a mais populosa da zona norte

Publicado em Categorias Pirituba/JaraguáTags

Share this... Os distritos de Pirituba, Jaraguá e São Domingos, na zona norte da capital paulista, pertencem à Subprefeitura Pirituba/Jaguará. O trio torna a subprefeitura a mais populosa da região, com 390 mil pessoas. Umas delas é a gerente de recursos humanos Eliane Riborebo, 43, que deixou o Rio de Janeiro, depois de uma transferência…

Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on TumblrPin on Pinterest

Os distritos de Pirituba, Jaraguá e São Domingos, na zona norte da capital paulista, pertencem à Subprefeitura Pirituba/Jaguará. O trio torna a subprefeitura a mais populosa da região, com 390 mil pessoas.

Umas delas é a gerente de recursos humanos Eliane Riborebo, 43, que deixou o Rio de Janeiro, depois de uma transferência do marido, para desembarcar há 18 anos em São Paulo. Desse total, 16 são apenas no distrito de Pirituba.

“Hoje me considero uma ‘paulióca’. Não troco o bairro por nada, pois tem toda a infraestrutura que minha família precisa. Me sinto segura”, afirma. Eliane vive no bairro Maria Domitila e destaca, positivamente, a estrutura verde da região. “Sempre vou ao Parque Toronto e ao Parque São Domingos, que estão sempre bem cuidados. Vejo pessoas fazendo piqueniques”, afirma.

De acordo com dados do Observatório Cidadão, a porcentagem de áreas verdes em relação à área da região está acima da média. Até 2014, esse índice era de 10,45, com 5.714.228 de m².

O nome Pirituba vem da junção de “piri”, que significa vegetação de brejo, e “tuba”, de origem indígena, que significa “muito”. O distrito tem como referência histórica a inauguração da estação de trem, no século XIX. Naquele período, grandes fazendas de café compunham o cenário.

O mais povoado entre os três distritos, o nome Jaraguá vem do tupi e significa “Gruta do Senhor”, “Guarda do Vale” ou “Senhor dos Vales”. Hoje, ele contabiliza mais de 184 mil moradores. Enquanto isso, Pirituba registra 168 mil habitantes e São Domingos, 84 mil.

Até 2015, o cenário dos equipamentos esportivos na subprefeitura atingiu a marca de 0,329 (número de equipamentos públicos municipais de esporte para cada 10 mil habitantes), de acordo com o Observatório Cidadão. A subprefeitura com melhor taxa é de Vila Prudente, na zona leste, com 0,818.

No tema saúde, a proporção de leitos hospitalares públicos e privados disponíveis por mil habitantes também está na média, com 1,47. Os piores índices, com zero, encontram-se na vizinha Perus (zona norte), Parelheiros (zona sul), Lapa (zona oeste) e Cidade Ademar (zona sul). Pinheiros (zona oeste), Vila Mariana (zona sul) e Sé (centro) assumem as primeiras colocações.

A Subprefeitura Pirituba/Jaraguá é administrada por Carlos Eduardo Silva Diethelm desde 2013. Questionada sobre a avaliação da atual gestão e os projetos em andamento, em nota, a assessoria de imprensa afirmou que: “após reunião com o subprefeito, no momento todas as informações relevantes da subprefeitura constam do site”.

De acordo com o portal De Olho nas Metas, existem na região 15 projetos. Entre alguns não concluídos estão a Casa de Cultura Pirituba e a construção da Ponte Raimundo Pereira de Magalhães.

Já o Hospital Municipal José Soares Hungria e o equipamento esportivo C.E.E Geraldo José de Almeida são dois dos finalizados. Prestes a ser finalizada está ainda a e reestruturação da Casa de Mediação – Pirituba.

Ainda segundo Eliane, sua paixão por Pirituba tem feito ela “convencer” muitos amigos a migrar para a região. “Tenho uma grande amiga que vivia na Lapa e agora está feliz morando em Pirituba. Outro grande amigo deixou o Morumbi também para viver aqui. Hoje formamos uma família piritubense”, finaliza.