Quantidade de equipamentos esportivos cai em Aricanduva/ Vila Formosa

Publicado em Categorias Aricanduva/Vila Formosa, EsporteTags

Em 2013 e 2014, os cerca de 264 mil habitantes da Prefeitura Regional de Aricanduva/ Vila Formosa contavam com 14 equipamentos esportivos públicos. Embora acima da média, com relação às demais prefeituras regionais, em 2015, de acordo com  o Observatório Cidadão, houve um declinou para 10 unidades. Anderson Anastácio, 35, morador da região, afirma que, antes…

Em 2013 e 2014, os cerca de 264 mil habitantes da Prefeitura Regional de Aricanduva/ Vila Formosa contavam com 14 equipamentos esportivos públicos. Embora acima da média, com relação às demais prefeituras regionais, em 2015, de acordo com  o Observatório Cidadão, houve um declinou para 10 unidades.

Anderson Anastácio, 35, morador da região, afirma que, antes chamados de CDMs (Clube Desportivo Municipal), até meados dos anos 90, esses espaços promoviam algumas atividades culturais e campeonatos organizados por associações e ONGs. “Mas, espaço de formação de atletas e incentivo esportivo, sempre foi muito pouco ou nenhum nessas regiões”, destaca.

Para o produtor artístico, que conhece bem a geografia e distinções econômicas de cada um dos distritos, é preciso ressalva. “É bom ressaltar que quanto mais próximo do centro, há um cuidado maior. Então Aricanduva é bem diferente do Carrão e da Vila Formosa”, explica.

Comparados isoladamente, o distrito do Carrão, o mais afastado do centro, em 2015 contava com apenas um equipamento esportivo, um dos índices mais baixos em toda cidade. Além disso, o local também detém a menor taxa em 10 anos, quando dispunha de pelo menos quatro espaços.

O único equipamento do Carrão é o CEE Vicente Ítalo Feola, mais conhecido como Clube Manchester. Ele está localizado no bairro Vila Nova Manchester, e é um dos locais prediletos pelos moradores para praticar atividades físicas. Sob responsabilidade da Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação, o local conta com 55 mil m² e oferece diferentes atividades gratuitas, que vão de vôlei a basquete, passando por danças rítmicas e pilates.

Enquanto isso, na Vila Formosa existem quatro equipamentos  para um total de 85.474 moradores, o que faz o distrito estar na média da cidade. Allan Vari, 22, que mora no coração do Vila Formosa, não tem o que reclamar da quantidade de praças em seu bairro. Mas, poucas contêm aparelhos para a prática de esportes. “Pelo menos na minha região tem muita praça”, afirma o operador de caixa de banco.

Já em Aricanduva, região marcada pela valorização imobiliária da zona leste, há cinco locais públicos para a prática esportiva, entre eles o CERET (Centro Esportivo dos Trabalhadores), no bairro homônimo.

 

Foto: 綾小路 葵/ Flickr