Conselho de Pinheiros expõe no Facebook empresas que descumprem Lei Cidade Limpa

Publicado em Categorias + Notícias, PinheirosTags , ,

Cerca de 20 estabelecimentos já foram flagrados e expostos infringindo a lei que vigora desde 2007 na cidade de São Paulo

Share this...
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on TumblrPin on Pinterest

O Conselho Participativo Municipal de Pinheiros está usando o bom-humor para expor no Facebook estabelecimentos comerciais que desrespeitam a Lei Cidade Limpa. Há cerca de duas semanas, a página do CPM-Pinheiros está publicando imagens, acompanhadas de mensagens engraçadas, de empresas que colocam placas em calçadas ou fazem outdoors e propagandas irregulares. 

“Estamos expondo as empresas de uma maneira bem-humorada para sensibilizá-las sobre a importância da Cidade Limpa”, afirma o jornalista Léo Coutinho, conselheiro local e administrador da página.

“Bauducco, a gente perdoa a uva passa, mas respeita a Lei Cidade Limpa“, “Benjamim [a padaria], não me diga que o sonho acabou”, “Óticas Carol, achamos que vocês trabalhavam para a gente ver melhor” e “Paola Carosella, não entorne o caldo” são algumas postagens já publicadas pelo CPM em bairros da prefeitura regional de Pinheiros. (confira alguns posts abaixo).

“Nossa campanha de brincar com as características das empresas foi inspirada no que o Detran [Departamento Estadual de Trânsito] vem fazendo com celebridades”, diz Coutinho. O órgão já deu “puxões de orelha” em posts no Facebook em atrizes como Débora Nascimento, Isis Valverde e Angélica, que publicaram vídeos ao volante ou sem cinto de segurança.

Segundo o CPM, não houve nenhuma resposta por parte das empresas, que são marcadas nas publicadas acompanhadas da hashtag #RespeitaaLeiCidadeLimpa.

“Só uma empresa que havia instalado um balão gigante num posto [de combustíveis] na esquina da rua Estados Unidos com a rua da Consolação retirou a peça após a postagem”, revela o jornalista.

Quase 20 estabelecimentos já foram flagrados e expostos infringindo a Lei Cidade Limpa, que vigora desde 1º de janeiro 2007 na cidade de São Paulo e proíbe propagandas em outdoors e regulamenta o tamanho de letreiros e placas de estabelecimentos comerciais.

A lei determina ainda a proibição de anúncios publicitários em muros, bicicletas, motos, ônibus, carros e coberturas e laterais de lotes urbanos.

Procurada pelo 32xSP, a Prefeitura Regional de Pinheiros não retornou até o fechamento desta matéria.

FLEXIBILIZAÇÃO

No fim de julho, a prefeitura enviou à Câmara Municipal um projeto de lei que permitia publicidade em lixeiras, banheiros públicos, quiosques e bicicletários, grades, entre outros, mas declinou afirmando que a proposta precisaria ser reavaliada. 

No entanto, a gestão tucana planeja flexibilizar a Lei Cidade Limpa nas Marginais ao permitir propagandas maiores nos canteiros e nos viadutos do Pinheiros e do Tietê. A proposta é chamar a atenção de empresas que adotem esses locais, para recuperação e manutenção em cooperação com a Prefeitura. 

No mês passado, a gestão do prefeito João Doria (PSDB) desrespeitou a lei ao autorizar a instalação de 12 placas publicitárias na avenida Brasil, também na zona oeste. Os anúncios carregavam o símbolo da prefeitura do programa de zeladoria, Cidade Linda, além dos nomes das empresas doadoras e de paisagistas criadores dos projetos de revitalização dos canteiros.

 

Confira, abaixo, alguns flagras feitos pelo CPM-Pinheiros:

OUTRO LADO

Em resposta, a Casa Bauducco afirmou que “tomou as devidas providências e já está fazendo a comunicação de seus produtos com pedestais a um metro para dentro da loja”, como confirmou em imagem enviada ao 32xSP.

A padaria Benjamim respondeu o contato questionando o endereço da loja, localizada em Pinheiros, sem mais justificativas.

As demais empresas não respondera até o fechamento desta reportagem.

Foto: Conselho Participativo Municipal de Pinheiros/Reprodução