Prefeitura Regional do Itaim Paulista recebe indicações de ‘ruas de lazer’

Categorias + Notícias, Itaim Paulista, Lazer, Zona LesteTags

Projeto permite o fechamento de vias públicas da cidade de São Paulo, aos domingos e feriados, para atividades recreativas e esportivas

Prefeitura Regional do Itaim Paulista recebe indicações de ‘Ruas de Lazer’
Atualmente a rua Erva Cigana, no Itaim Paulista, é a única na regional fechada para o lazer (Eduardo Silva/32xSP)

Lei desde 1996, o projeto Ruas de Lazer reúne vias públicas destinadas a atividades recreativas e esportivas na cidade de São Paulo, sempre aos domingos e feriados.

Em 2014, após ser identificado que muitos dos mais de mil endereços cadastrados no município eram utilizados de maneira irregular, a Prefeitura de São Paulo criou um decreto que estabeleceu novas regras para o fechamento das ruas.

Na zona leste da capital, a regional do Itaim Paulista, composta pelos distritos de Itaim e Vila Curuçá, retirou as placas de identificação das áreas de lazer que receberam reclamações de uso irregular para a realização de festas de aniversário ou bailes funks.

Atualmente apenas a rua Erva Cigana funciona como via de lazer bairro Jardim dos Ipês, no Itaim Paulista.

LEIA MAIS
Periferia da cidade tem mais ruas destinadas ao lazer do que o centro
Sem nenhuma ‘rua aberta’, sobram poucas opções de lazer em São Mateus

De acordo com o Mapa da Desigualdade, o distrito do Itaim Paulista tem apenas cinco equipamentos esportivos para uma população de 231.474 habitantes. Na Vila Curuçá, o número é de sete equipamentos (piscinas, quadras, ginásios, pistas de atletismo etc.) para 151.894 pessoas.

Para criar novas áreas de lazer em vias públicas da região, a prefeitura regional do Itaim Paulista iniciou, neste mês de julho, uma campanha para receber indicações de endereços que possam fazer parte do projeto.

Os interessados podem procurar a Supervisão de Esportes, Lazer e Recreação da Prefeitura Regional (localizada na Avenida Marechal Tito, 3012) ou entrar em contato pelo telefone 2561-6064 (ramal 2008).

Além de indicar a via, também deve ser entregue um abaixo-assinado contendo a assinatura de, no mínimo, 80% dos moradores do trecho escolhido. Cada residência corresponde a uma assinatura.

Recebido o requerimento, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) vistoriará o local no prazo de sete dias para verificar se a rua se enquadra nos requisitos estabelecidos no decreto nº 55.684, de 2014.

O QUE É UMA RUA DE LAZER?

Pode ser considerada rua de lazer, uma via pública com trânsito de veículos de baixa intensidade, incluindo o entorno de praças e largos, e que não possua hospitais, prontos-socorros, igrejas, restaurantes, comércios ou linhas regulares de ônibus.

O fechamento da via é permitido das 10h às 16h (antes da regulamentação em 2014, o horário compreendido era entre 9h e 17h).

Nessas áreas podem ser desenvolvidas atividades lúdico-recreativas, como jogos, brincadeiras, gincanas, apresentações teatrais e contação de histórias, e atividades lúdico-esportivas, como futebol, vôlei, basquetebol e demais modalidades esportivas adaptadas.

Durante o seu funcionamento fica proibido o trânsito de veículos no local, exceto daqueles pertencentes aos moradores dos lotes vizinhos à área delimitada, e a emissão de ruídos sonoros provenientes de aparelhos de som instalados em veículos automotores estacionados.

Operação Sono Tranquilo: pancadões diminuem, mas conflitos crescem