Quase 70% das casas não têm rede de esgoto em Parelheiros

Em Marsilac, também no extremo sul da capital paulista, o índice é ainda menor: apenas 0,81% das residências contam com rede de esgoto

Com poços contaminados, bairros do Grajaú seguem sem saneamento básico

“É uma água assim, pesada. Não tem gosto, nem cheiro, mas é pesada. Aí a gente cismou e parou de tomar”, diz a dona de casa Roselita Silva, 48, que mora na Ilha do Bororé, bairro do distrito do Grajaú, zona sul. A região localizada às margens da represa Billings, em uma área de proteção ambiental, a APA Bororé Colônia, não possui abastecimento público de água nem coleta de esgoto. Os moradores dependem de fossas e poços. Todavia, alguns poços estão contaminados, como o da casa de Roselita.