Iluminação de LED chega à Cidade Tiradentes e beneficia moradores

25/08/2016 15:27 | Atualizado: 15/10/2018 4:02
Reportar erro Categorias Cidade Tiradentes, SegurançaTags , , , ,

"Antes era bem mais escuro. Agora, está mais claro e fica fácil ver se alguém está vindo”, afirma moradora que sai às 4h50 para trabalhar

Luciane Aparecida Pires, 28, precisou “sair do automático” para reparar as luzes de LED que agora iluminam a sua rua, na Cidade Tiradentes, extremo leste da capital. Bem próximo ao CEU Água Azul, o endereço da assistente administrativa não foi o único a receber a nova iluminação.

Ao todo, foram mais de 600 ruas, avenidas, vielas e praças, apenas da região da Subprefeitura da Cidade Tiradentes. De acordo com a Prefeitura de São Paulo, a nova instalação beneficiou os mais de 212 mil moradores da região.

A moradora aprova a iniciativa, mas diz que a prefeitura “pecou” na divulgação. “Percebi sem saber”, conta Luciane. Sem antes mesmo doo sol nascer, Luciane deixa a sua casa às 4h50 rumo ao hospital em que trabalha na Vila Olímpia, na Subprefeitura de Pinheiros.

Com um itinerário de duas horas para chegar ao emprego, as duas regiões desvelam um abismo de diferenças entre si. De acordo com o Observatório Cidadão, da Rede Nossa São Paulo, a Cidade Tiradentes concentra a menor oferta de empregos do município. Com apenas 6.875 vagas, a subprefeitura tem um índice de desigualdade 71 vezes menor que a região de Pinheiros. Em 2008, essa discrepância chegava a uma diferença de 117 vezes.

Antes preocupada com a insegurança por conta da iluminação antiga, agora Luciane comemora. “Melhorou 70%. Antes era bem mais escuro. Agora, as ruas estão mais claras, o que facilita ver se alguém está vindo”, pontua.

LEIA MAIS:
Dos lampiões ao LED, Guaianases é cheia de memórias e desafios

SUBPREFEITURAS ILUMINADAS

A substituição da iluminação na Cidade Tiradentes ocorreu há dois meses. Além da região, a segunda fase do projeto, chamado “LED nos Bairros”, vai passar por Guaianases, São Rafael, Vila Curuçá e Itaim Paulista (zona leste), parte do Jabaquara, Iguatemi, parte do Grajaú e Socorro (zona sul), Perus e Jaçanã (zona norte).

Outros 55 mil luminárias de LED já foram instaladas nos distritos de Sapopemba, do Jardim Helena, do Lajeado (zona leste); em Heliópolis, no Jardim Monte Azul, no Jardim Ângela e em Pedreira (zona sul); na Brasilândia (zona norte); e em Raposo Tavares (zona oeste).

Ainda de acordo com a prefeitura, desde o início de 2013, mais de 250 mil pontos de iluminação pública foram remodelados em toda a cidade. As lâmpadas de vapor de mercúrio foram substituídas por vapor de sódio e metálico. Com isso, cerca de 50 mil novos pontos foram criados em locais onde não existia luz nas ruas.

Luciane festeja os novos investimentos no bairro, ela é mãe de uma menina de cinco anos e vem acompanhando, desde criança o desenvolvimento do bairro, mas com ressalvas. Ainda há muito o que melhorar na região”, comenta.

VEJA TAMBÉM:
À la BBB, Cidade Tiradentes ganhará câmeras monitoradas ao vivo