Jovens usam comunicação para transformar e se aproximar de onde vivem

08/09/2016 16:22 | Atualizado: 16/10/2017 16:05
Reportar erro Categorias Campo Limpo, Comunicação, EducaçãoTags ,

Iniciativa social criada por moradores do Campo Limpo, subprefeitura situada na periferia da zona sul de São Paulo, a Escola de Notícias se utiliza da comunicação como ferramenta para transformar a região. Além disso, promove a aproximação de jovens com o poder público local.

Iniciativa social criada por moradores do Campo Limpo, subprefeitura situada na periferia da zona sul de São Paulo, a Escola de Notícias se utiliza da comunicação como ferramenta para transformar a região. Além disso, promove a aproximação de jovens com o poder público local.

Criada em 2011 por Tony Marlon – atual presidente – a organização desenvolve seis projetos diferentes com jovens. O “projeto-base” é a Escola de Comunicação Comunitária (Ecomcom), que recebe apoio do Edital Redes e Ruas. Segundo a coordenadora de projetos da instituição, Camila Vaz, o Ecomcom usa a comunicação para que os alunos conheçam os caminhos para alcançar os direitos econômicos, sociais e culturais.  “Por isso a Escola se relaciona com o poder público, desde a realização de visitas à subprefeitura, até a inscrição de projetos em editais municipais”, afirma.

No final de julho, por exemplo, os jovens tiveram a oportunidade de participar de uma conversa com o chefe de gabinete da Subprefeitura do Campo Limpo, João Alves. Na ocasião, ele explicou como funcionam os processos dentro de uma subprefeitura.

O Ecomcom é o primeiro ciclo do caminho de aprendizagem em produção comunicativa da Escola. As 520 horas, divididas em quatro módulos, durante um ano, usa três linguagens (fotografia e vídeo, criação gráfica e jornalismo e escrita criativa) para os jovens desenvolverem uma vivência técnica e humana com o uso da comunicação para investigar o que dá vida, potencializa e transforma as comunidades.

Os outros cinco projetos da Escola (Monitoria Cultural Educativa, Impulso, Mentoria, Conversas e Conselho Consultivo) são continuidades da Ecomcom e não contam com apoiadores financeiros. Eles são mantidos por meio do autofinanciamento, graças à prestação de serviços e consultorias feitas pela organização.

A Escola de Notícias funciona no Espaço Cultural CITA, localizado na rua Aroldo de Azevedo, 20 – Campo Limpo.

 

Foto: Escola de Notícias/ Facebook