Prefeituras regionais deverão ter unidades do Poupatempo até o fim de 2017

10/11/2016 16:43 | Atualizado: 02/06/2017 15:34
Reportar erro Categorias PolíticaTags , ,

As 32 prefeituras regionais, atuais subprefeituras, deverão contar com uma unidade do Poupatempo até o final do ano que vem. É o que afirmou o prefeito eleito, João Doria (PSDB), na manhã desta quinta-feira (10), durante o anúncio de mais oito secretários da sua gestão, que começa em 1º de janeiro. Segundo Doria, o Poupatempo…

As 32 prefeituras regionais, atuais subprefeituras, deverão contar com uma unidade do Poupatempo até o final do ano que vem. É o que afirmou o prefeito eleito, João Doria (PSDB), na manhã desta quinta-feira (10), durante o anúncio de mais oito secretários da sua gestão, que começa em 1º de janeiro. Segundo Doria, o Poupatempo é um exemplo de serviço público de eficiência. Esta, uma marca que ele quer deixar em seu governo.

Implantado em 1996 pelo governo estadual, o Poupatempo oferece diversos tipos de serviços em um mesmo local, como emissão de RG, de atestado de antecedentes criminais, de carteira profissional, entre outros.

Leia mais: Prefeito eleito, João Doria deve substituir subprefeituras por prefeituras regionais

Além dessa iniciativa, o prefeito eleito também anunciou a criação do programa “São Paulo Cidade Linda”, que irá abranger os serviços de zeladoria na capital, como poda de árvore, limpeza de praças, entre outros, e estará presente em todas as prefeituras regionais. “É um amplo programa de zeladoria urbana, que começa às 6h do dia 2/1”, ressaltou Doria.

Futuros secretários

Os oito secretários anunciados hoje foram: Soninha Francine (Desenvolvimento Social), Fábio Santos (Comunicação), Caio Megale (Fazenda), Sergio Avelleda (Transportes e Mobilidade), Julio Serson (Relações Internacionais), Daniel Annemberg (Tecnologia e Inovação), Wilson Poit (Desestatização e Parcerias) e Heloísa Proença (Desenvolvimento Urbano).

Há duas semanas, Doria já havia anunciado o coordenador da transição, Júlio Semeghini, para a Secretaria de Governo; Wilson Pollara, para a Saúde; Anderson Pomini, para a Secretaria de Negócios Jurídicos; e Cid Torquato, para a Secretaria de Pessoas com Deficiência.

O vice-prefeito eleito, Bruno Covas, que também será secretário das Prefeituras Regionais, deverá anunciar os prefeitos de cada região até o final de novembro.