Qual é o orçamento anual da cidade de São Paulo?

19/10/2018 13:07 | Atualizado: 01/11/2018 18:34
Reportar erro Categorias + Notícias, Política, São PauloTags , ,

O orçamento estabelece uma estimativa de quanto a Prefeitura de SP tem para gastar durante o ano e direciona investimentos para educação, saúde e transportes

Edifício Matarazzo, sede da prefeitura da cidade de São Paulo (Diego Torres/Wikipédia)

Em 2018, o orçamento da cidade de São Paulo foi calculado em R$ 56,3 bilhões. Desse valor, são direcionados investimentos em áreas como educação, saúde, previdência, transporte, serviços e encargos, estabelecendo uma estimativa de quanto a administração municipal tem para gastar durante o ano.

Confira no vídeo abaixo como ocorre a distribuição de verbas para cada pasta:

LEIA TAMBÉM
Para onde vai o dinheiro público gasto na cidade de SP?

ORÇAMENTO DE SÃO PAULO

O orçamento da cidade é discutido anualmente por meio da Lei Orçamentária Anual (LOA). A LOA funciona como um planejamento orçamentário, no qual é apresentado quanto a Prefeitura de São Paulo arrecadará para realizar esses investimentos.

É como se você fosse planejar o que fazer com o seu dinheiro durante o ano todo, colocando no papel quanto você vai receber e quanto vai precisar gastar.

Em proporções bem maiores, o orçamento da cidade vem por meio de arrecadações de contribuições, taxas e impostos – como o IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana), por exemplo.

Dos R$ 56,3 bilhões calculados para 2018, a divisão foi realizada da seguinte forma:

Em relação aos R$ 19 bilhões destinados à secretarias municipais, 41% vão para a educação (sendo essa a secretaria que mais recebe investimentos), 29% para a saúde e 10% para a área de mobilidade e transportes. As demais secretarias (como segurança, habitação, obras e cultura) recebem investimentos menores do que 3%.

AUDIÊNCIAS PÚBLICAS

Em São Paulo, anualmente são realizadas audiências públicas para ouvir da população sugestões de onde o dinheiro deve ser investido. Neste ano, todas as 32 subprefeituras realizaram audiências para coletar propostas. O 32xSP cobriu os encontros nas cinco regiões da cidade (confira ao final da matéria).

Fruto desta “coleta de sugestões”, a administração do município apresenta para a Câmara Municipal de São Paulo uma proposta orçamentária para atender às principais demandas e manter os custos em áreas essenciais, como educação, saúde, transporte e previdência.

Essa proposta refere-se à Proposta da Lei Orçamentária Anual (PLOA). Para 2019, a prefeitura informou que, a princípio, o valor orçado é de R$ 60,1 bilhões, 6,7% maior do que o orçamento de 2018.

LEIA MAIS
Audiências públicas do orçamento municipal para 2019: confira as datas

Construir casas populares é questão de vida ou morte, diz moradora da zona norte
Audiência sobre orçamento da cidade reuniu 190 pessoas em Santana/Tucuruvi, na zona norte (Paula Rodrigues/32xSP)

CONFIRA A COBERTURA REGIONAL SOBRE O PLANO ORÇAMENTÁRIO REALIZADA PELO 32XSP:

ZONA NORTE
Construir habitações virou questão de vida ou morte, diz moradora

ZONA SUL
Moradores do Campo Limpo cobram por habitação em audiência

ZONA LESTE
‘A terceira idade precisa ter mais opções de saúde e lazer’, cobram moradores de Itaquera

ZONA OESTE
Parque Linear é tema central de audiência sobre orçamento no Butantã

CENTRO
Movimento de moradia abandona audiência sobre plano orçamentário