Prefeitura suspende rodízio de veículos a partir do dia 21 de dezembro

11/12/2018 15:43 | Atualizado: 22/12/2018 12:57
Reportar erro Categorias Mobilidade, São Paulo, Temas, Transporte públicoTags

Suspensão do rodízio para veículos de passeio vai até 14 de janeiro de 2019; restrição continua valendo para veículos pesados, como caminhões

Avenida 23 de maio, na capital paulista (Wikimedia)

A Prefeitura de São Paulo divulgou, nesta terça-feira (11), o esquema de rodízio de veículos de passeio do final do ano. O rodízio está suspenso a partir do dia 21 de dezembro e será retomado no dia 14 de janeiro de 2019.

De acordo com informações da Secretaria Municipal de Transportes, a restrição continua valendo para veículos pesados, como caminhões. Permanecem ainda a Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF).

LEIA TAMBÉM
70% da população não sabe que transporte público é um direito

RODÍZIO MUNICIPAL 2019

Durante o período tradicional de rodízio, a restrição inclui o centro expandido e os endereços que contornam o “Mini Anel Viário”.

São eles: marginais Tietê e Pinheiros, avenidas dos Bandeirantes e Afonso D’Esccragnole Taunay, Complexo Viário Maria Maluf, avenidas Tancredo Neves e Juntas Provisórias, viaduto Grande São Paulo e avenidas Professor Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf.

O período de restrição de veículos ocorre de manhã, das 7h às 10h, e à tarde, das 17h às 20h.

Motoristas que desrespeitam a regulamentação, que está prevista no Código de Trânsito Brasileiro, e é considerada de nível médio, são multados em R$ 130,16 e receberem 4 pontos na carteira de habilitação.

CONFIRA O ESQUEMA TRADICIONAL DO RODÍZIO

***

Moradores da zona sul perdem 21 dias por ano no transporte público de SP