Covas nomeia oito novos subprefeitos; veja quem são

07/01/2019 11:42 | Atualizado: 18/01/2019 13:54
Reportar erro Categorias Política, São PauloTags ,

Nomeações são a primeira parte de um processo que deverá atingir 23 subprefeituras; Mooca, Ipiranga e outras seis subprefeituras tiveram gestores trocados

Mooca e outras sete subprefeituras terão gestores trocados (Aline Kátia/32xSP)

Na última sexta-feira (4), o prefeito Bruno Covas (PSDB) publicou no Diário Oficial do Município a nomeação de oito novos subprefeitos. As indicações são a primeira parte de um processo de troca que deverá atingir 23 subprefeituras.

Os novos líderes das regionais atenderão às indicações dos círculos políticos mais próximos de Covas, que assumiu a prefeitura após a renúncia de João Doria, em abril de 2018.

Dentre eles, destacam-se os nomes dos tucanos Sandra Santana e Fabrício Cobra, ambos derrotados nas eleições 2018, e de Thiago Milhim, do Podemos, partido do vereador Mário Covas Neto, tio do prefeito.

Os atuais subprefeitos Roberto Arantes (Ipiranga) e Guilherme Brito (Vila Prudente) deixam os cargos, mas assumem o comando na Sé e na Mooca, respectivamente.

Confira os nomes anunciados:

Sé – Roberto Arantes

Francisco Roberto Arantes Filho deixou a subprefeitura do Ipiranga para assumir a pasta da Sé. Bacharel em direito e funcionário público, Arantes também comandou a subprefeitura de Santo Amaro na gestão João Doria.

Antes de assumir o cargo na subprefeitura do Ipiranga, Arantes comandava a regional de Santo Amaro (Rafael Carneiro/32xSP)

LEIA TAMBÉM: Única subprefeitura do centro da cidade, Sé é repleta de contradições

Ipiranga – Caio Vinicius Luz

Caio Vinicius de Moura Luz é quem passa a chefiar a subprefeitura do Ipiranga. Militante da Juventude PSDB, da qual Bruno Covas foi presidente, Luz tem um considerável histórico de cargos durante a gestão tucana no governo estadual: foi assessor em três secretarias, e nas estatais CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e CESP (Companhia Energética do Estado de São Paulo).

Mooca – Guilherme Brito

O advogado Guilherme Kopke Brito deixa o cargo de subprefeito da Vila Prudente e assume o comando da vizinha, Mooca. De perfil técnico, Brito já foi coordenador de Administração e Finanças da subprefeitura da Vila Mariana.

Guilherme Brito
Guilherme Brito assume o cargo de subprefeito da Mooca (Rafael Carneiro/32xSP)

Vila Prudente – José Antonio Queija

Com a ida de Guilherme Brito para a Mooca, quem assume a Vila Prudente é José Antonio Varela Queija. Servidor público, Queija foi subprefeito da Lapa na gestão Fernando Haddad (PT).

Vila Mariana – Fabrício Cobra

Ex-secretário de turismo do Estado na gestão Geraldo Alckmin (PSDB), o advogado Fabrício Cobra Arbex assume a subprefeitura da Vila Mariana. Fabrício é filho da ex-deputada federal tucana Zulaiê Cobra e, em 2018, concorreu a uma vaga na Câmara dos Deputados pelo PSDB, mas não obteve êxito nas urnas.

Casa Verde/Cachoeirinha – Thiago Milhim

Primeiro vice-presidente nacional do Podemos (PODE), o advogado Thiago Martins Milhim é quem assume o comando na Casa Verde/Cachoeirinha. Milhim foi diretor de administração na Fundação Nacional da Saúde (FUNASA) entre 2016 e 2017, na gestão de Michel Temer (MDB). Posteriormente, assumiu a chefia de gabinete da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo durante o governo Márcio França (PSB).

LEIA TAMBÉM: ‘Subrefeitura da Casa Verde está abandonada até virtualmente’

Freguesia/Brasilândia – Sandra Santana

Única mulher entre os nomeados, Sandra Cristina Leite Santana é nova subprefeita da Freguesia/Brasilândia. Na gestão de Gilberto Kassab (PSD), Sandra esteve à frente da subprefeitura de Perus. Também foi derrotada nas últimas eleições, onde concorreu a uma vaga de deputada estadual pelo PSDB.

Penha – Thiago Della Volpi

Thiago Della Volpi é engenheiro agrônomo e servidor público de carreira. Assumiu a chefia do gabinete da subprefeitura da Penha em 2017 e, desde junho de 2018, atuava como o subprefeito em exercício da região. Após seis meses, foi agora efetivado no cargo.

Subprefeitura da Penha é dirigida por chefe de gabinete há três meses
Thiago Della Volpi é o atual subprefeituro da Penha, na zona leste de São Paulo (Reprodução)

COVAS JÁ HAVIA INDICADO NOMES EM 2018

Após assumir a prefeitura em 2018, Bruno Covas já havia trocado o comando em seis subprefeituras: Santo Amaro e Campo Limpo, na zona sul, Sapopemba, Penha e Itaquera, na zona leste, e Butantã, na zona oeste.

Sob a liderança de Covas, as regionais também deixaram de se chamar “prefeituras regionais” e voltaram a ser “subprefeituras”.

VEJA AINDA:

Novo subprefeito de Itaquera promete mais diálogo com moradores