22 subprefeitos de SP foram trocados em cinco meses

27/03/2019 12:06 | Atualizado: 05/06/2019 17:51
Reportar erro Categorias PolíticaTags ,

Trocas fazem parte da gestão do prefeito Bruno Covas (PSDB); apenas seis subprefeituras não tiveram alterações desde o início do governo Doria, em 2017

Gilmar Souza dos Santos é o novo subprefeito do Itaim Paulista (Reprodução/Subprefeitura Itaim Paulista)

Desde janeiro de 2019, 22 dos 32 subprefeitos de São Paulo foram exonerados ou transferidos de suas regionais pelo prefeito Bruno Covas (PSDB). O 32xSP já havia informado anteriormente que 70% dos gestores poderiam ser trocados nesta gestão.

Confira o histórico:

04 de janeiro: Casa Verde/Cachoeirinha, Freguesia/Brasilândia, Ipiranga, Mooca, Penha, Sé, Vila Mariana e Vila Prudente;
11 de janeiro: Butantã, Pinheiros e Sapopemba;
15 de janeiro: Aricanduva/Formosa/Carrão, Ermelino Matarazzo, Itaim Paulista, Lapa e São Mateus;
11 de fevereiro: Santana/Tucuruvi;
12 de fevereiro: Jabaquara;
10 de abril: Guaianases e Pirituba/Jaraguá;
08 de maio: Itaquera
30 de maio: Cidade Ademar.

Apenas seis subprefeituras não tiveram alterações desde o início da gestão João Doria (PSDB), em 2017, sendo elas: Capela do Socorro, Cidade Tiradentes, Jaçanã/Tremembé, M’Boi Mirim, São Miguel Paulista e Vila Maria/ Vila Guilherme.

LEIA MAIS:
Prefeitura de SP tem um subprefeito trocado a cada 40 dias

Confira quem são os atuais subprefeitos de cada regional:

Aricanduva / Vila Formosa / Carrão – Fernanda Maria de Lima Galdino
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
Fernanda ocupou a função de subprefeita da Penha até julho de 2018, quando foi exonerada do cargo por Covas. Desde 16 de janeiro de 2019, está à frente da subprefeitura do Aricanduva / Vila Formosa / Carrão.

Butantã – Paulo Vitor Sapienza
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
Paulo Vitor Sapienza foi subprefeito do Butantã até maio de 2018, quando trocou a regional e assumiu o cargo em Sapopemba. Agora, ele volta ao Butantã para ocupar a vaga que era de Ricardo Aparecido Granja dos Santos.

Campo Limpo – Claudete Pereira da Silva
(Gestão Covas, desde julho de 2018)

Capela do Socorro – João Batista de Santiago
(Gestão Doria, desde 2017 – sem mudanças)

Casa Verde/ Cachoeirinha – Thiago Martins Milhim
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
Primeiro vice-presidente nacional do Podemos (PODE), o advogado Thiago Martins Milhim foi diretor de administração na Fundação Nacional da Saúde (FUNASA), entre 2016 e 2017, na gestão de Michel Temer (MDB). Posteriormente, assumiu a chefia de gabinete da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo durante o governo Márcio França (PSB).

Cidade Ademar – José Rubens Domingues Filho
(Gestão Covas, desde maio de 2019)
José Rubens já foi subprefeito de Cidade Ademar, em 2010, e antes de retornar ao cargo foi chefe de Gabinete da Subprefeitura Campo Limpo. Integrou diversos conselhos, como o Estadual da Juventude (vice-presidente), Conselho Municipal da Criança e do Adolescente, Conselho Municipal de Habitação e Conselho Municipal de Proteção à Paisagem Urbana.

Cidade Tiradentes – Oziel Evangelista de Souza
(Gestão Doria, desde 2017 – sem mudanças)

Ermelino Matarazzo – Flávio Ricardo Sol
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
Flávio Ricardo já foi chefe de gabinete na Subprefeitura da Penha. Também atuou como assessor técnico na diretoria operacional da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), administrador técnico de projetos na SPTrans e coordenador especial legislativo na Câmara Municipal de São Paulo.

Freguesia do Ó/ Brasilândia – Sandra Cristina Leite Santana
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
Na gestão de Gilberto Kassab (PSD), Sandra esteve à frente da subprefeitura de Perus. Também foi derrotada nas últimas eleições, onde concorreu a uma vaga de deputada estadual pelo PSDB.

Guaianases – Guaracy Fontes Monteiro Filho
(Gestão Covas, desde abril de 2019)
Morador da Vila Formosa, na zona leste, Guaracy Filho foi engenheiro da Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) e superintendente da Eletropaulo e da Companhia Paulista de Obras Serviços (CPOS).

Ipiranga – Caio Vinícius de Moura Luz
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
Militante da Juventude PSDB, da qual Bruno Covas foi presidente, Caio Vinicius de Moura Luz tem um considerável histórico de cargos durante a gestão tucana no governo estadual: foi assessor em três secretarias, e nas estatais CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e CESP (Companhia Energética do Estado de São Paulo).

Itaim Paulista – Gilmar Souza dos Santos
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
Advogado e professor universitário, Gilmar Souza Santos já foi presidente da Comissão Eleitoral e secretário executivo do Conselho de Habitação do Município de São Paulo. Seus últimos cargos foram o de secretário adjunto na Secretaria Municipal de Habitação de São Paulo (SEHAB) e secretário nacional de Desenvolvimento Urbano no Ministério das Cidades (MCidades).

Itaquera – Silvia Regina de Almeida
(Gestão Covas, desde maio de 2019)
Em janeiro, Silvia Regina foi nomeada chefe de gabinete da Subprefeitura de Itaquera. Em maio, assumiu o posto de subprefeita no lugar de Jamil Yatim, que exercia o cargo desde julho de 2018.

Jabaquara – Arnaldo Faria de Sá
(Gestão Covas, desde fevereiro de 2019)
Advogado com escritório no próprio distrito do Jabaquara, Arnaldo Faria de Sá também foi deputado federal durante oito mandatos. Ocupa o cargo que era de Maria de Fátima Marques Fernandes.

Jaçanã/Tremembé – Alexandre Baptista Pires
(Gestão Doria, desde 2017 – sem mudanças)

Lapa – Leonardo William Casal Santos
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
Leonardo Santos foi assessor de comunicação institucional da Subprefeitura da Lapa entre 2010 e 2012. Depois passou pela Secretaria do Trabalho, onde coordenou o Programa TecReg do Governo do Estado. Também foi assessor parlamentar no gabinete do vereador Ricardo Young (PPS), em 2013, e chefe de gabinete da vereadora Soninha Francine (PPS) nos dois últimos anos.

M’Boi Mirim – Rita de Cassia Correa Madureira
(Gestão Doria, desde 2017 – sem mudanças)

Mooca – Guilherme Kopke Brito
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
O advogado Guilherme Kopke Brito deixou o cargo de subprefeito da Vila Prudente e assumiu o comando da vizinha, Mooca. De perfil técnico, Brito já foi coordenador de Administração e Finanças da subprefeitura da Vila Mariana.

Parelheiros – Adailson de Oliveira
(Gestão Doria, desde maio de 2017)
Adailson de Oliveira ajudou a fundar a subprefeitura de Parelheiros em 2003. Lá, foi subprefeito interino por três meses durante a gestão do tucano José Serra (2005-2006) e subprefeito no governo do petista Fernando Haddad (2013-2016) até maio de 2014, quando foi transferido para a subprefeitura da Vila Mariana para ser coordenador de projetos e obras.

Penha – Thiago Della Volpi
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
Thiago Della Volpi é engenheiro agrônomo e servidor público de carreira. Assumiu a chefia do gabinete da subprefeitura da Penha em 2017 e, desde junho de 2018, atuava como o subprefeito em exercício da regiãoApós seis meses, foi efetivado no cargo no início de janeiro de 2019.

Perus/ Anhanguera – Luciana Torralles Ferreira
(Gestão Doria, desde junho de 2017)

Pinheiros – João Vestim Grande
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
O advogado João Vestim Grande se candidatou como deputado federal pelo NOVO nas últimas eleições, mas não foi eleito. Em janeiro de 2019, assumiu a subprefeitura de Pinheiros no lugar de Juliana Ribeiro.

Pirituba/Jaraguá – Edson Brasil da Silva
(Gestão Covas, desde abril de 2019)
Edson Brasil trabalhou na Secretaria de Segurança Pública de São Paulo e foi assessor de gabinete da Secretaria de Estado do Meio Ambiente. Também atual como chefe de gabinete da Cohab (Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo).

Santana/Tucuruvi – Pedro Nepomuceno de Sousa Filho
(Gestão Covas, desde fevereiro de 2019)
Com passagem pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Estado de São Paulo, Pedro Nepomuceno assumiu a regional de Santana/Tucuruvi e ocupa a vaga que era de Rosmary Correa.

Santo Amaro – Janaina Lopes de Martini
(Gestão Covas, desde maio de 2018)

São Mateus – Roberto Bernal
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
Roberto Bernal atuava como chefe de gabinete na Subprefeitura de São Mateus antes de assumir o comando da regional como subprefeito.

São Miguel Paulista – Edson Marques Pereira
(Gestão Doria, desde 2017 – sem mudanças)

Sapopemba – Mário Corrochel Neto
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
Mario Corochel Neto era chefe de gabinete na subprefeitura de Sapopemba e agora assume o cargo no lugar de Paulo Vitor Sapienza, que passa a ser subprefeito do Butantã.

Sé – Francisco Roberto Arantes Filho
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
Francisco Roberto Arantes Filho deixou a subprefeitura do Ipiranga para assumir a pasta da Sé. Bacharel em direito e funcionário público, Arantes também comandou a subprefeitura de Santo Amaro na gestão Doria.

Vila Maria/ Vila Guilherme – Dário José Barreto
(Gestão Doria, desde 2017 – sem mudanças)

Vila Mariana – Fabrício Cobra Arbex
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
Ex-secretário de turismo do Estado na gestão Geraldo Alckmin (PSDB), o advogado Fabrício Cobra Arbex concorreu a uma vaga na Câmara dos Deputados pelo PSDB, em 2018, mas não obteve êxito nas urnas.

Vila Prudente – José Antônio Varela Queija
(Gestão Covas, desde janeiro de 2019)
Com a ida de Guilherme Brito para a Mooca, quem assume a Vila Prudente é José Antonio Varela Queija. Servidor público, Queija foi subprefeito da Lapa na gestão Fernando Haddad (PT).