Ponte Pirituba-Lapa deve ficar pronta nas próximas eleições municipais

20/05/2019 23:43
Reportar erro Categorias _01_destaque-principal-home, Pirituba/Jaraguá, Temas, Transporte público, Zona NorteTags

Após dificuldades para captação de orçamento, a autorização para a construção da ponte foi assinada e deve ter início nos próximos dias

Após dificuldades para captação de orçamento, a autorização para a construção da ponte Pirituba-Lapa, na zona noroeste da capital paulista, foi assinada pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e deve ter início nos próximos dias.

A conclusão da passagem sobre o rio Tietê é prevista para outubro de 2020, mês em que ocorrem as eleições municipais para escolha de prefeito e vereadores.

LEIA MAIS
– Prevista para 2019, ponte Pirituba-Lapa não tem data para sair do papel
– Ponte Pirituba-Lapa está prevista para início de 2019, mas divide opiniões

Incluída na Operação Urbana Consorciada Água Branca (OUCAB), a obra não tinha verba suficiente para sua construção, já que dependia da venda de Certificados de Potencial Adicional de Construção (CEPACs). Comprados pelas empreiteiras em troca do direito de construir na região, eles não estavam sendo vendidos.

A solução encontrada foi obter outras fontes de financiamento. De acordo com a SPObras, que executará o empreendimento, o dinheiro virá do Fundo Municipal do Desenvolvimento do Trânsito (FMDT), Fundo de Desenvolvimento Urbano (FUNDURB) e ainda da Operação Água Branca.

COMO SERÁ A PONTE

Reprodução

O projeto do empreendimento prevê uma ligação entre os dois lados da avenida, com duas faixas de carros e uma de ônibus em cada sentido, além de ciclovia e passagem de pedestre.

A ponte também terá duas alças de acesso à Marginal Tietê: uma delas no lado da Lapa e outra no lado de Pirituba.

A estimativa é que o trajeto, hoje feito principalmente pela Ponte do Piqueri, seja diminuído em 15 minutos.

Subprefeitura de Pirituba / Jaraguá é a mais populosa da zona norte