Córrego transborda em dias de chuva e afeta casas em bairro de Parelheiros

14/08/2020 13:46 | Atualizado: 14/08/2020 13:54
Reportar erro Categorias + Notícias, Parelheiros, Zeladoria, Zona SulTags ,

Situação no bairro Cidade Nova América, no extremo sul de São Paulo, ocorre desde 1994; morador diz que o problema vem da tubulação

Tubulação rompeu em 1994, segundo morador (Cláudio de Carvalho/Arquivo pessoal)

Em 1990, o buerista Cláudio de Carvalho, 55, construiu uma casa em Cidade Nova América, bairro da região de Parelheiros, no extremo sul de São Paulo. O “início de um sonho” deu lugar, quatro anos depois, a um problema com o córrego em frente à sua residência. Um problema que dura 26 anos.

“Aqui era um córrego a céu aberto, então eu mesmo fiz a tubulação na parte em frente da minha casa. Com o tempo, o número de moradores no local foi crescendo, o fluxo de água para o córrego aumentou e o tubo estourou”, conta Carvalho.

Desde então, quando chove, a água transborda e escorre pelas ruas nas proximidades, causando alagamentos, sujeira e mau cheiro. A casa do buerista, na rua José Bonifácio, é uma das mais atingidas.

VEJA TAMBÉM:
Arquitetura da enchente: a vida de quem tem a casa invadida pelos alagamentos em SP

“Quando chove, seja de dia ou de noite, eu tenho que ficar do lado de fora para tirar a sujeira que chega no meu portão, senão vem tudo para dentro de casa”, conta o morador.

DESDE 1994 RECLAMANDO

(Cláudio de Carvalho/Arquivo pessoal)

Quando a tubulação do córrego (que não tem nome oficial) estourou, as subprefeituras ainda não existiam, já que foram criadas apenas em 2002. Carvalho conta que, na época, levava os pedidos de troca da tubulação para a então Administração Regional de Capela do Socorro. “Estou desde 1994 reclamando”, resume.

Segundo o morador, nos últimos anos foram abertos ao menos cinco pedidos de troca de tubulação do córrego para a Subprefeitura Parelheiros, que é a responsável pela região. O mais recente foi protocolado em 19 de fevereiro deste ano – ainda sem resposta por parte da pasta.

“Até hoje, de vez em quando, eu mesmo vou fazendo a boca do bueiro. Faltam só os tubos, mas acho um absurdo eu mesmo ter que comprar”, comenta.

LEIA TAMBÉM:
– Em Parelheiros, conselheiros relatam dificuldades para exercer mandato
– Moradores de Marsilac cobram ações da subprefeitura local

(Cláudio de Carvalho/Arquivo pessoal)

Ao 32xSP, a Prefeitura de São Paulo, por meio da Subprefeitura Parelheiros, respondeu que realiza a limpeza no córrego citado e entorno de forma periódica e intensifica as ações no período que antecede as chuvas.

A pasta também diz que executou serviços de tubulação para águas fluviais no entorno do córrego, desde a rua Antônio Carlos até à rua José Bonifácio, e que as vias da região receberam serviço de regularização mecânica para melhor escoamento de água. No entanto, não fizeram menção aos protocolos registrados pelo morador.

***

Em Parelheiros, conselheiros relatam dificuldades para exercer mandato