Tratamento da polícia a jovens é pior na zona sul, aponta pesquisa Ibope

A região sul da cidade de São Paulo tem a pior nota quando o assunto é o tratamento dos policiais aos jovens. De acordo com pesquisa realizada pelo Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística) em parceria com a Rede Nossa São Paulo, a zona sul paulistana foi avaliada com nota 3,1, em uma escala que vai de 1 a 10. A pesquisa entrevistou 1001 pessoas entre os dias 8 de dezembro de 2016 e 4 de janeiro de 2017.

Subprefeitura do Jabaquara, na zona sul, possui realidades bastante distintas

Valter Souza Rege, 32, é vizinho da Subprefeitura do Jabaquara, na zona sul da capital. Apesar da proximidade, o diretor de cinema diz que não tem muito contato com a unidade administrativa “mesmo sendo pertinho de casa”. O jovem mora na Vila do Encontro, na avenida Engenheiro Armando de Arruda Pereira, uma das principais da região. “Por aqui tem posto de saúde perto, mercado, metrô, posto de conveniência”, diz.

Avenidas com mais acidentes de trânsito estão na zona sul e leste

“Muitos motoristas não respeitam os sinais. É horrível. Principalmente fim de semana, que têm muitos carros e muitos pedestres”, diz a desempregada e moradora do Grajaú Ingrid de Macedo, 20, ao falar da situação da avenida Dona Belmira Marin, localizada no distrito da subprefeitura Capela do Socorro, zona sul. A via está entre as 10 mais perigosas numa relação de 50 avenidas da capital de São Paulo presente no relatório de acidentes de trânsito fatais de 2015 divulgado pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego).

Projeto Escola de Cidadania chega à Cidade Ademar, na zona sul

A Escola de Cidadania de Cidade Ademar e Pedreira, na zona sul, foi inaugurada no dia 13 de agosto, com sala cheia. Aproximadamente 100 moradores compareceram à aula sobre “Ética e Cidadania”, ministrada pelo professor da USP (Universidade de São Paulo), Clóvis de Barros Filho.

Moradores das zonas sul e norte gastam 2h05 para se locomover em SP

Divulgada nesta terça-feira (18), pesquisa “Viver em São Paulo: Mobilidade Urbana na Cidade”, mostra que tempo de deslocamento vem diminuindo