Zona sul e centro são as regiões mais verticalizadas de São Paulo

República e Higienópolis, no centro da capital paulista, lideram total de prédios, com 97% dos imóveis sendo do tipo apartamento