Plataforma registra mais de 720 ocupações irregulares na capital paulista

Uma das maiores ocupações da capital, a Água Espraiada possui dezenas de favelas e passa por diferentes distritos, como Itaim Bibi, na zona oeste, Campo Belo e Jabaquara, na zona sul. Segundo Karina Leitão, professora da FAU USP, e uma das coordenadoras do Observatório de Remoções, as ocupações da Água Espraiada estão em uma área de 9 km de extensão. Além disso, calcula-se que haja na região, 8.500 famílias sob ameaça de remoção.

Em 2015, caiu pela metade o número de moradias em favelas em São Mateus

Vovozinha, Caboré e Jardim Dona Sinhá são algumas das favelas existentes apenas no distrito de São Mateus, na zona leste de São Paulo. A prefeitura regional, formada também pelos distritos de São Rafael e Iguatemi, contabiliza 123.432 domicílios nos quais vivem 449.575 moradores. Desde 2010, o número de casas na região permaneceu estagnado, diferentemente da quantidade…

A mais populosa, Campo Limpo também lidera quantidade de favelas de SP

Composta pelos distritos de Campo Limpo, Vila Andrade e Capão Redondo, vivem na Subprefeitura do Campo Limpo cerca de 650 mil paulistanos