Primeira semana do ano letivo é marcada por greve nas escolas municipais de SP

Servidores entraram em greve por tempo indeterminado como protesto à Reforma da Previdência; das cerca de 3,5 mil unidades de ensino, 744 foram paralisadas