Denúncias de violência doméstica crescem durante a quarentena em São Paulo

Mulheres questionam a efetividade das políticas de enfrentamento à violência na cidade; Prefeitura diz que proteção das vítimas é uma prioridade